Colaboradores

Sem forma

quinta-feira, 19 de março de 2009 Texto de

SEM FORMA

Que­ro di­zer mui­tas coi­sas, mas os mol­des não es­tão pron­tos. São fle­xí­veis e mu­dam de for­ma­tos ra­pi­da­men­te. Atre­vi­das, de­sa­pa­re­cem no in­cons­ci­en­te; ten­to cha­má-las, mas não me ou­vem. Acho que pre­fe­rem os mis­té­ri­os das re­giões ain­da não ex­plo­ra­das. To­ma­ra que não re­mo­vam mui­ta por­ca­ria, se­não vai fe­der pra ca­ram­ba.

DOM

– In­de­pen­den­te­men­te do pa­pel, atu­ar é mi­nha res­pi­ra­ção. Quan­do não tra­ba­lha­va, ti­nha ver­ti­gem.

E-mail: dudu.oliva@uol.com.br

Palavras-chave

Compartilhe