– Como se chama?
 – Li­te­ra­tura.
As le­tras ema­na­ram de seu corpo e o ho­mem ten­tou fu­gir, mas ade­ri­ram à sua pele ra­pi­da­mente. Sen­tiu um caos den­tro de si.
 – Eu lhe disse que era vo­raz…

E-mail: dudu.oliva@uol.com.br

Compartilhe