Colaboradores

Posse – Texto de Dudu Oliva

segunda-feira, 19 de setembro de 2005 Texto de

An­tes, to­dos nós fo­mos al­mo­çar num lu­gar bem agra­dá­vel. Co­me­mos bas­tante e o sono ba­teu à porta dos meus pais; a mi­nha so­bri­nha fi­cou de­se­nhando na sala, tia V co­chi­lava no quarto do com­pu­ta­dor e eu na­ve­gava na in­ter­net.

Quando ia des­li­gar o com­pu­ta­dor, tia V pe­diu para ler um conto que aca­bara de fa­zer. Li e ado­rei. De re­pente, um sen­ti­mento de posse aflo­rou em meus pen­sa­men­tos; que­ria ter es­crito esse conto, quero-o para mim. Fico com ver­go­nha de de­se­jar algo alheio, mas an­tes do ho­mem existe a besta, e mesmo que nos con­si­de­re­mos evo­luí­dos, há re­sí­duos….

E-mail: dudu.oliva@uol.com.br

Compartilhe