Geral

Sonho de valsa

segunda-feira, 10 de junho de 2013 Texto de

O que a gente quer
quer sa­ber? não se sabe
De to­dos os lu­ga­res
de to­dos os abra­ços
sem­pre vão res­tar
ape­nas os pe­da­ços

E va­mos con­ti­nuar
abra­çando dú­vi­das
que­rendo ex­pli­ca­ções
des­pe­da­çando cer­te­zas
E fora os per­cal­ços
só fi­ca­rão as be­le­zas

das ho­ras bo­bas
dos abra­ços ami­gos
dos quan­tos sor­ri­sos
Fi­ca­rão nos­sos tons
chi­ne­los tro­ca­dos
o plás­tico dos bom­bons

O som de um pop
a lem­brança do rock
Na luz pá­lida uma nu­vem
e na cai­xi­nha va­zia a me­mó­ria
a fá­bula de nos­sos dias
o eco da nossa his­tó­ria

Palavras-chave

Compartilhe