Geral

Poema: Nadatudo

quinta-feira, 4 de abril de 2013 Texto de

Quero te fa­zer uma po­e­sia,
mas não sei
Quero te fa­lar de amor,
mas não sai

Hoje es­tou árido, alien
Hoje sou de­serto, es­paço
Não vou, não faço

Quero te pu­xar num abraço
Te en­fiar na mi­nha nuca
No meu com­passo

Só que meu ho­ri­zonte cai
Apaga toda a luz
E esta dor me trai

Fica, vai!

Sem es­pe­rar
Sem con­tar
Sem ble­far

Beija sem gosto
Trepa so­zi­nha
Faz, faz toda mes­qui­nha

Com aquela ca­ri­nha!

Faz da tua boca uma louca
Leva esta úl­tima gota
Aperta em mim teu gozo

Tua fala
Tua cara
Tua Lara

Su­foca meu des­gosto
de­posto
re­posto

Rola de lado
Deita
Deixa
Dei

A alma a ti

Palavras-chave

Compartilhe