Impressões

Abuso

domingo, 22 de dezembro de 2002 Texto de

No ele­va­dor, na cal­çada ou onde for, privo-me de um ca­ri­nho des­ti­nado à cri­ança dos ou­tros. Só o faço na pre­sença dos pais, e olhe lá. Como posso dar o que mais pre­cisa a cri­ança, se nessa hora, su­ges­ti­o­nado pe­los ven­tos, al­guém pode con­fun­dir meus amo­res?

Compartilhe